segunda-feira, 9 de maio de 2016

Transição Capilar/ Kéterly Lorrayny

Olá cacheadas!
Hoje tem mais um grande  inspiração de superação sobre uma menina que assumiu seu cabelo natural. Confira esta história abaixo:


" Olá meninas, meu nome é kéterly Lorrayny , tenho 23 anos, quase formanda de biomedicina, e vou contar um pouco sobre a minha transição. Desde pequena eu ouvia dos coleguinhas a respeito do meu cabelo, ele sempre foi  volumoso, a minha mãe é branca e tem o cabelo liso/ondulado, eu puxei o meu pai. Por mais que ela não entendia muito sobre como cuidar, já que antigamente não tinha toda essa informação que temos hoje, ela sempre me incentivava a usar o natural, e dizia que o meu cabelo era lindo. Quando cheguei na adolescência, apareceu a febre da chapinha, dos alisantes, etc, todas as meninas já alisavam o cabelo e era muito raro ver alguém com o cabelo natural, e quando tinha era vítima de críticas, eu sofri muito bullying sobre o meu cabelo, eu não sabia cuidar, parecia que tudo o que fazia não dava certo, então eu decidi aos 16 anos fazer a minha primeira química no cabelo, que foi a definitiva, na primeira vez ficou lindo, meu cabelo estava grande, e até comecei a receber mais elogios, mas com o passar do tempo foi ressecando, quebrando, e eu tentava todas as químicas para ver se melhorava, tudo por que eu queria ter o cabelo liso que todos tinham, aquilo foi me frustrando cada vez mais, e eu sentia que estava forçando a ser alguém que eu não era, se eu ia ao salão, me cobravam a mais por ter muito cabelo, e por ser ‘’ruim’’, é o que ouvia, então parei de ir aos salões, porque eles além de criticarem o cabelo cacheado/crespo/afro, ainda te cobram um absurdo, e só sabem alisar, além disso, nada. eu alisei o cabelo em 2010 e em 2014 eu decidi voltar ao cabelo natural.
      Eu não tinha ideia de que existia a transição e de que existiam várias garotas assumindo o cabelo natural, eu me lembro que estava olhando fotos no instagram, quando eu vi uma menina linda de cachos, e ai abriu os meus olhos, eu pensei comigo: por que eu não tento voltar ao natural?! Já estava cansada daquele liso seco, quebrado, sem vida. Então eu comecei a pesquisar sobre cachos e acabei conhecendo no youtube várias blogueiras cacheadas, e percebi que todas elas tinham histórias muito parecidas com a minha, então eu decidi voltar ao natural, antes eu ligava muito para o que os outros diziam, eu era complexada com tudo, odiava a chuva, hoje eu amo, e a chapinha que eu tanto gostava acabei deixando de lado, e durante esse processo de transição eu me lembrei de uma vez que estava acompanhada da minha mãe, ela iria cantar em uma igreja, quando eu ia entrar, uma moça me chamou e disse: ei garotinha, Deus manda te dizer que o seu cabelo é lindo, você é linda, não ligue para o que os outros pensam, Deus te ama como você é, fiquei muito emocionada pois isso aconteceu quando eu tinha 10 anos, e por mais que eu tenha demorado para perceber, hoje eu agradeço a Deus pelo meu cabelo, ele é lindo sim, e quem disse que ele era feio, que era duro, que não balançava, mentiu pra mim e talvez pra você também que esteja lendo, você é linda, nunca se esqueça, Deus desenhou cada detalhe seu com muito amor, não se importe com a opinião dos outros, se você ama o seu  cabelo alisado, cuide dele com amor e orgulho, não alise por moda, ou pelos outros, e se você quer voltar ao natural ou está na transição, não desista, ame-se em primeiro lugar e viva o seu tempo perdido com chapinha e alisantes, seja como você quer que seja, e nunca pelos os outros."











Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário